• Sidney Boschiroli

Laserterapia na Odontologia: usos e benefícios

Atualizado: 19 de mai.

Como laserterapeuta habilitada, emprego com frequência a LASERTERAPIA em diversos tipos de procedimentos, por ser um diferencial da minha clínica que já utilizo há alguns anos, com ótimos resultados obtidos, e que é ainda algo incomum na prática odontológica em geral.


Exemplo de aplicação de laser na Endodontia (tratamento de canal)


O laser terapêutico tem propriedades analgésica, cicatrizante e antimicrobiana, esta última quando associado a um corante específico. Assim, toda vez que realizo uma cirurgia, um procedimento de raspagem, no pré-implante ou pós-implante, por exemplo, aplicamos o laser para acelerar a cicatrização, diminuir o edema e melhorar a recuperação tecidual. O laser vai atuar de forma natural, estimulando o organismo a promover uma recuperação tecidual bem mais rápida.


Para o tratamento das chamadas DTMs ou disfunções temporomandibulares, também tenho recebido muitos pacientes e o uso do laser tem sido decisivo na diminuição da dor em todos os casos.


Já na Endodontia, minha especialidade, a laserterapia aumenta significativamente a chance de sucesso no tratamento de canal, ajudando na descontaminação. Diminuímos significativamente a possibilidade de ocorrer uma resistência bacteriana, auxiliando o arsenal de soluções da endodontia.


O laser terapêutico atua também de forma incrível nas paralisias faciais, melhorando o aspecto e acelerando o retorno dos movimentos normais. Da mesma forma, trata a nevralgia do trigêmeo.


Pode ainda ser aplicado em lesões como herpes e aftas, estimulando a cicatrização mais rápida. O uso do laser terapêutico pode evitar o uso de antiinflamatórios potencialmente agressivos.


Exemplo de uso do laser em lesão bucal (afta).


Assista também o vídeo, no meu canal no Youtube.

9 visualizações0 comentário
Quero enviar uma mensagem

Obrigado pelo envio!